Arquivos do autor: Patricia Pinheiro

A segunda reunião Fórum Empresarial Invest SC ocorreu via webconferência, nesta terça-feira (4), com as presenças dos secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ricardo de Gouvêa; da Fazenda, Rogério Macanhão; da Infraestrutura, Leodegar Tiscoski; de Assuntos Internacionais, Daniella Abreu; presidente da SCPar, Ricardo Moritz; presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos; diretor de Inovação e Competitividade da Fiesc, José Eduardo Fiates; e representantes das 30 maiores empresas do Estado. Na ocasião, foram definidas estratégias de trabalho e pautas prioritárias do Fórum. Para o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ricardo de Gouvêa, o Governo do Estado, por meio do Fórum Invest SC, tem se posicionado de forma a ouvir as demandas das empresas (sediadas e que querem se instalar no Estado) e apoiá-las para que se possa colocar Santa Catarina em uma posição de destaque no cenário nacional e internacional. Dentre as principais demandas, estavam melhorias na infraestrutura de logística,

A secretária executiva de Assuntos Internacionais (SAI) do Governo do Estado, Daniella Abreu, esteve nesta semana em Brasília para dar andamento em pautas para o desenvolvimento do comércio exterior e atração de investimentos para Santa Catarina. Assuntos como a participação do Estado em feiras internacionais e a promoção do Estado para atrair investimentos estrangeiros por meio do Invest SC foram alguns dos temas alinhados em reuniões em órgãos federais, agências e embaixadas. No Ministério da Economia (ME), a equipe da SAI se reuniu com o secretário de Comércio Exterior, Lucas Ferraz, para dar continuidade às tratativas sobre uma possível equalização do sistema de drawback. A secretária se comprometeu em desenvolver um estudo sobre os impactos de uma mudança do sistema em Santa Catarina. “Após esse levantamento, iremos retornar ao Ministério para continuarmos a trabalhar juntos neste assunto tão importante para o setor de comércio exterior.” Ainda no Ministério da Economia,

Nesta sexta-feira (23), a governadora Daniela Reinehr, o presidente da SCGás, Willian Lehmkuhl, e a secretária executiva de Assuntos Internacionais (SAI), Daniella Abreu, participaram de reunião via webconferência com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Na pauta, a necessidade do aumento da capacidade de transporte de gás natural para o atendimento ao mercado catarinense. Atualmente, a única fonte de fornecimento para o Estado se concentra no gasoduto Bolívia-Brasil que, segundo a SCGás, opera no limite de sua capacidade. Também foi solicitado à ANP apoio ao projeto do Terminal de Regaseificação de Gás Natural Liquefeito (GNL) por meio do Terminal Gás Sul (TGS) em desenvolvimento em São Francisco do Sul pela multinacional norueguesa Golar Power. Essa iniciativa deve incrementar em cerca de 50% a oferta de gás natural para a região Sul. “Nosso grande desafio aqui é a logística e seus custos e nisso entra também a

A diretoria da montadora de carros de luxo Lamborghini Latinoamérica anunciou nesta quinta-feira (22), durante reunião com a governadora Daniela Reinehr, a decisão de se instalar em Santa Catarina e a intenção de contar com o apoio do Governo do Estado. Participaram do encontro o CEO da empresa, Jorge Antonio Fernández Garcia; o sócio local, Gilson Pierri; os secretários Luciano Buligon (Desenvolvimento Econômico Sustentável); Daniella Abreu (Assuntos Internacionais); Rogério Macanhão (Fazenda); além do chefe da Casa Civil, Gerson Luiz Schwerdt, e do deputado estadual Milton Hobus. “Santa Catarina é um lugar muito bom para se investir. Temos ainda muitos desafios a serem superados, mas temos aqui um potencial diferenciado e diversificado. Meu papel é fortalecer a infraestrutura e fomentar o desenvolvimento, para que, cada vez mais, possamos usufruir de relevantes projetos que gerem oportunidades”, destacou a governadora. O secretário Luciano Buligon reforçou que, por meio do programa Invest SC, O

A província de Mendoza, uma das principais regiões vitivinícolas argentina, escolheu a cidade de Itajaí para ser sede do primeiro hub de exportações no Brasil. A inauguração do hub logístico aconteceu durante reunião virtual, na última terça-feira (20), presidida pelo embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Scioli, e que contou com a participação da secretária executiva de Assuntos Internacionais (SAI), Daniella Abreu, representando o Governo de SC. “O hub de Mendoza em Santa Catarina aproxima mais ainda a Argentina deste estado”, destacou o embaixador Scioli. Segundo ele, as facilidades logísticas, a localização estratégica, o favorável clima de negócios e os benefícios tributários para a importação foram algumas das razões que levaram a província a essa escolha. De acordo com o embaixador, com esta nova plataforma de negócios, a província argentina facilitará que seus exportadores, em especial suas vinícolas, já tenham os produtos armazenados para sua venda direta em todo o

A governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr, se reuniu nesta quinta-feira (8) com multinacional norueguesa Golar Power, para dar andamento ao processo de instalação do Terminal Gás Sul (TGS) em Santa Catarina. Também participaram do encontro (via webconferência) o presidente da SCGás, Willian Lehmkuhl; a secretária executiva de Assuntos Internacionais (SAI), Daniella Abreu; o presidente da Fiesc, Mario Aguiar; Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE); além dos representantes da empresa. “Vamos demandar todos os esforços necessários para que consigamos fazer essa entrega o mais rápido possível, pois sabemos da importância econômica para o Estado”, destacou a governadora Daniela Reinehr, ao afirmar a relevância da chegada do gás natural para inúmeras regiões catarinenses, a exemplo do Oeste do Estado. Em dezembro de 2020, o Governo do Estado assinou Declaração de Utilidade Pública (DUP) para implantação do terminal da Golar Power na Baía de Babitonga, em São Francisco do Sul. Agora, a

A primeira reunião do Fórum Invest SC foi marcada por uma forte ação conjunta entre Governo do Estado, Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e uma seleção entre as maiores empresas em faturamento de Santa Catarina em prol do desenvolvimento econômico do Estado pós-pandemia. O evento (via webconferência) aconteceu nesta terça-feira (6) e contou com a participação de empresas como WEG, BRF, Whirlpool, Aurora, Tupy, Pamplona, dentre outras; além das secretarias integrantes do programa Invest SC. “Estamos muito satisfeitos com a participação de todos nessa luta pela união e impulsionamento da nossa economia”, afirmou a governadora Daniela Reinehr. Segundo ela, o Invest SC é, neste momento, o principal canal do governo com o setor produtivo. “A gente está em um desafio muito grande, em que é preciso equalizar de forma harmônica pandemia com a economia; assim como nossos esforços para ter maior proximidade com o investidor, ouvindo

Para mostrar o potencial internacional de Santa Catarina, o Governo do Estado, por meio do Invest SC, têm divulgado vídeos de multinacionais que estão investindo no Estado. Nesses vídeos – inseridos nas redes sociais da Secretaria Executiva de Assuntos Internacionais (SAI) –, as empresas explanam sobre os principais motivos que fizeram com escolhessem Santa Catarina para se instalar. O último vídeo, ainda não divulgado pela SAI, é o da empresa Hyosung do Brasil, em que o presidente da fábrica sediada em Araquari (SC), Hyosung no Brasil, Do Jun Cho; o diretor industrial Sang Hoon You; o gerente comercial Cristiano Hanna; e o gerente técnico Marcos Ferreira falam das vantagens da instalação de sua fábrica e comércio de elastano creora. Dentre elas, incentivos estaduais concedidos pelo Governo de Santa Catarina, a logística, além de ser um grande polo têxtil brasileiro. Desde 2011 no Estado, este ano, a empresa coreana garante que

Após tratativas com a Secretaria Executiva de Assuntos Internacionais (SAI), a Prefeitura de Criciúma firmou, nesta semana, parceria com o Governo do Estado para lançar o Invest Criciúma. O programa seguirá os mesmos moldes do Invest SC, com o intuito de fomentar a economia local, buscando atrair investimentos internacionais para a região. “É muito importante que os entes municipais se organizem para identificar suas vocações e oportunidades de investimento. Esse alinhamento é necessário para que possamos trabalhar juntos para atrair investimentos relevantes à Santa Catarina”, destacou a secretária da SAI, Daniella Abreu. Para o diretor de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia de Criciúma, Aldinei Potelecki, esta ação “coloca o município, que fica em um local estratégico – próximo de praias, serra e universidades e com toda uma infraestrutura –, à disposição para atrair investidores internacionais”. O próximo passo para a implantação do Invest Criciúma, segundo o diretor Aldinei Potelecki, é

O Governo de Santa Catarina, por meio das secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e da Executiva de Assuntos Internacionais (SAI), recepcionou a conselheira de Agricultura, Pesca e Alimentação da Embaixada do Reino da Espanha, Elisa Barahona Nieto, em Florianópolis. A visita ao Estado, nesta semana, tem a missão de estreitar laços e impulsionar novos negócios nos setores de portos, logística, pesca e agricultura. Na Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), ela também foi recebida pela diretoria da entidade. A conselheira enfatizou que a logística portuária catarinense e o desenvolvimento tecnológico foram dois fatores que lhe chamaram atenção no Estado. “Os armadores espanhóis que trabalham no Atlântico Sul, de diferentes modalidades, têm muito interesse em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. O que já ouvimos sobre os portos catarinenses nos fez entrar em contato com a Secretaria de Assuntos Internacionais e, agora, o nosso principal

10/17